Benefícios para a empresa

  • Apreender a trabalhar em equipe.
    Equipe é “um conjunto de pessoas que se dedicam à realização de um mesmo trabalho”. Muitas empresas estão acostumadas a determinar qual função e qual tarefa isto ou aquilo deverá ser feito. Embora essas definições estejam cada vez mais abrangentes, ainda são um limite à realização de uma determinada tarefa. Isto não existe quando você precisa improvisar: ora a outra pessoa diz um texto que não está de acordo com o que você havia pensado ou, em outro momento, demora para encenar determinado evento que lhe seria necessário para colocar “sua parte”.Você tem aquela boa ideia (para você…) de como fazer a cena, do melhor modo possível. Está no início do palco, de frente para outro ator, a música para e… é hora de entrar em cena. Mas… o outro ator coloca em cena um texto que não tem a ver com sua ideia… Como fazer?
  • Aperfeiçoar a habilidade de esperar quando necessário.
    Nem sempre a sua boa ideia deve ser colocada na hora em que lhe ocorre… Às vezes é necessário guardá-la para um melhor momento (da cena) ou … então… esquecê-la porque a cena já caminhou para outro lado.
  • Perceber que é necessário confiar um no outro, a maior parte das vezes.
    Tarefa difícil, não? Quando você entra em cena, deve ter a confiança de que os outros vão trabalhar no sentido de lhe ajudar a construir a cena. Mas… confiança é algo que você deposita em alguém, em um momento e espera para ver se a pessoa é confiável (ou não). O elenco de Playback Theatre  deve confiar em todos os que estão em cena:

    1. no início de uma companhia, conferindo posteriormente se a pessoa é merecedora de confiança.
    2. depois, com o passar do tempo, se confirmada essa confiança, vai se acreditando na pessoa cada vez mais. (muitos atores saíram da companhia por não confiarem ou não gerarem confiança suficiente nas outras pessoas…)
  • Aprender a abrir mão de suas coisas para que o “projeto” se realize.
    Nem sempre a sua ideia deve ser colocada na hora em que lhe ocorre… Às vezes é necessário guardá-la para um melhor momento (da cena) ou … então… esquecê-la porque a cena caminhou para outro lado.
  • Ver que é necessário correr alguns riscos para continuar.
    Riscos são necessários para ensinar-nos o que é adequado, o que é pertinente, principalmente no que diz respeito ao Playback Theatre. Você vai encenar a história de alguém, que pouco antes lhe contou e, agora, vai estar no palco assistindo o que você vai fazer. É necessário colocar nessa cena o seu melhor, para que o narrador (quem contou a história) reconheça-a como dele.
  • Saber se colocar em segundo plano, para que o “projeto” se realize.
    Talvez seja o melhor momento de deixar a sua ideia de lado… porque a cena foi para outro lado e o narrador mostra que está gostando… Às vezes é bom guardar uma boa ideia do que “estragá-la” quando tudo está dando certo.